A 34.ª edição da Feira Internacional de Luanda (Filda 2018) realizar-se-á na primeira quinzena de Julho, em data ainda a fixar, avança o angolano “Expansão”.

O evento, considerado a maior bolsa de negócios do país, vai reunir empresas dos diferentes sectores de actividade, numa montra que se espera venha a superar os 225 expositores e 25 mil visitantes da edição de 2017.

A edição de 2016, prevista para Julho e adiada depois para Novembro devido à crise em Angola, acabou por não se realizar, face à reduzida inscrição de expositores.

Depois do litígio que envolveu a Feira Internacional de Luanda (FIl), empresa que promovia os eventos, o Ministério da Economia, através do Instituto de Fomento Empresarial (IFE) decidiu assumir a realização das exposições.

A mostra deste ano decorrerá, de novo, na Baía de Luanda, provavelmente entre 10 e 15 de Julho.

Portugal deverá ser, como é hábito, o país estrangeiro mais representado.

 

Tags: