As exportações nacionais cresceram mais do que as importações em Novembro último. De acordo com os dados do INE, as vendas para o exterior aumentaram 11,9% em relação ao mês homólogo de 2016, ao passo que as compras subiram 10,4%.

Em ambos os casos, houve uma desaceleração face a Outubro de 2017, em que as exportações incrementaram 12,8% e as importações 21,1%.

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as exportações em Novembro de 2017 aumentaram 12,8% e as importações cresceram 7,8% (respectivamente +14% e +19,6% em Outubro de 2017), indica o INE.

O défice da balança comercial de bens voltou a aumentar. Foi de 867 milhões de euros em Novembro de 2017, o que representa um acréscimo de 17 milhões de euros face ao mês homólogo de 2016. Excluindo os combustíveis e lubrificantes a balança comercial atingiu um saldo negativo de 430 milhões de euros, correspondente a uma diminuição do défice em 171 milhões de euros em relação ao mesmo mês de 2016.

No trimestre terminado em Novembro de 2017, as exportações e as importações de bens aumentaram 10,2% e 13,2%, respectivamente, face ao período homólogo.