Depois da quebra em Março, as exportações voltaram a acelerar em Abril, mas o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) lembra que o mês foi maior que o do ano passado.

O relatório das Estatísticas do Comércio Internacional ontem divulgado dá conta de uma aceleração tanto das importações como das exportações.

“Em Abril de 2018, as exportações de bens registaram uma variação homóloga nominal de 18,1%, em sentido contrário à variação verificada no mês anterior (-5,4%). As importações de bens aumentaram 13,1%, correspondendo a uma aceleração face à variação registada em Março de 2018 (+0,7%)”, pode ler-se no relatório.

Segundo o INE, as evoluções reflectem, em parte, efeitos de calendário, dado que Abril de 2018 teve mais dois dias úteis que Abril de 2017.

O défice da balança comercial de bens foi de 1 253 milhões de euros em Abril deste ano, o que representa um decréscimo de 39 milhões de euros face ao mês homólogo de 2017.

No trimestre terminado em Abril, as exportações e as importações de bens aumentaram, respectivamente, 5,2% e 7,1% face ao mesmo período de 2017.